Em qgepparticipacoes

Commodities pressionam, ação da Queiroz Galvão desaba 8% e renova mínima histórica

Papéis eram prejudicados pela queda do petróleo, que operava próximo dos US$ 30,00 o barril, pressionando petroleiras pré-operacionais

Exploração de petróleo
(Andrew Burton)

11h42: As ações da Queiroz Galvão (QGEP3) seguem derrocada na Bovespa nesta quinta-feira (11), renovando sua mínima histórica, em meio à forte queda do petróleo, que levou a commodity a operar próxima dos US$ 30 o barril este ano, prejudicando as petroleiras, principalmente aquelas em estágio pré-operacional. 

Neste momento, os papéis da Queiroz Galvão registravam queda de 7,86%, a R$ 3,75, operando na mínima do dia. Enquanto isso, lá fora, o petróleo caía 1,78%, a US$ 30,29 o barril. 

Além da variação, chamava atenção também o volume financeiro movimentado com a ação da Queiroz Galvão, que alcançava R$ 2,048 milhões em apenas 1 hora e 40 minutos de pregão, contra média diária de R$ 4,768 milhões das últimas 21 sessões. 

Para conferir outros destaques de ações desta sessão, clique aqui

Leia também:

InfoMoney atualiza Carteira para fevereiro; confira

Analista-chefe da XP diz o que gostaria de ter aprendido logo que começou na Bolsa

 

Contato