Operação Zelotes

Zelotes: Justiça quebra sigilos de filho de Lula e do ex-ministro Gilberto Carvalho

A Zelotes investiga fraudes em julgamentos no Carf (Conselho Administrativo de Recursos Fiscais), ligado ao Ministério da Fazenda

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – A Justiça Federal aceitou pedido do Ministério Público Federal e autorizou quebrar os sigilos bancário e fiscal desde 2009 de pessoas e empresas investigados pela Operação Zelotes, segundo informações do G1Dentre os que tiveram o sigilo quebrado, estão o ex-ministro Gilberto Carvalho e o filho do ex-presidente Lula, Luis Cláudio Lula da Silva. A empresa do filho de Lula, a LFT Marketing Esportivo, também teve os sigilos quebrados.

A Zelotes investiga fraudes em julgamentos no Carf (Conselho Administrativo de Recursos Fiscais), ligado ao Ministério da Fazenda. 

 Em relação a Gilberto Carvalho, o relatório da PF aponta um suposto “conluio” entre ele e lobistas suspeitos de pagar propinas para obter benefícios fiscais. Já no caso do filho de Lula, as investigações apontam que a LFT recebeu R$ 2,5 milhões em pagamentos do escritório Marcondes e Mautoni. O escritório é investigado por ter atuado de forma supostamente ilegal pela aprovação da MP 471, que beneficiou o setor automotivo. 

Aprenda a investir na bolsa

Foi autorizada ainda a quebra por ter atuado de forma supostamente ilegal pela aprovação da MP 471. São elas: Caoa Montadora de Veículos LTDA, CSH Pier 21 Comércio de Alimentos LTDA,  EPP, COMÉRCIO DE ALIMENTOS LTDA – EPP, LBS Consultoria e Participações LTDA, Silva e Cassaro Corretora de Seguros LTDA e Ricardo Rett.

É hora ou não é de comprar ações da Petrobras? Veja essa análise especial antes de decidir: