Protestos

Tropa de choque retira manifestantes da Paulista e Vem pra Rua pede para não voltarem

O ato que bloqueou a Avenida Paulista desde ontem pedindo o impeachment da presidente Dilma foi dispersado; ato a favor do PT ocorrerá nesta tarde

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – Manifestantes que ocupavam a Avenida Paulista desde ontem pedindo o impeahcment da presidente Dilma Rousseff foram retirados do local pela tropa de choque da Polícia Militar. A ação envolveu jatos d’água e pelo menos duas bombas de gás para dispersar os manifestantes. Às 8h30 (horário de Brasília), a polícia chegou ao local para pedir a saída dos revoltosos, mas alguns membros do protesto disseram que não sairiam da avenida. 

Às 16h desta sexta haverá manifestação anti-impeachment, com presença de manifestantes do PT, da CUT (Central Única dos Trabalhadores) e de diversos outros movimentos sociais. O ex-presidente e atual ministro-chefe da Casa Civil, Luiz Inácio Lula da Silva, pode participar da manifestação. A passeata já estava marcada desde a semana passada. 

Ontem, na sua página nas redes sociais, o movimento Vem pra Rua pediu para que nenhuma manifestação seja feita hoje, assim como o PT não fez o protesto que chegou a ser convocado por militantes para o dia 13 de março, quando estava marcado o ato que se revelou o maior dos movimentos pró-impeachment. Na imagem que circula pelo Facebook, o movimento diz: “amanhã, o PT convocou seus militantes para as ruas, em defesa do ex-presidente Lula. Recomendamos que não seja feita nenhuma manifestação em sua cidade. Assim como eles não puderam se manifestar em 13/03, o mesmo vale para nós amanhã. É a lei.” 

PUBLICIDADE

Especiais InfoMoney:

Como o “trader da Gerdau” ganhou meio milhão de reais na Bovespa em 2 meses 

As novidades na Carteira InfoMoney para março

André Moraes diz o que gostaria de ter aprendido logo que começou na Bolsa