Projeto de governo

Temer elege 5 eixos de prioridades em projeto “para reconstruir o Brasil” pós-impeachment

Segundo o jornal Valor Econômico, governo interino de Michel Temer concluiu a formulação de um projeto para dois anos e meio de mandato

SÃO PAULO – Segundo informações do jornal Valor Econômico, o governo interino de Michel Temer concluiu a formulação de um projeto para dois anos e meio de mandato, depois da votação do afastamento definitivo da presidente afastada Dilma Rousseff pelo Senado. 

O projeto Temer “para reconstruir o Brasil” tem as prioridades agrupadas em cinco eixos: econômico (reequilíbrio fiscal, melhoria do ambiente de negócios, reforma previdenciária e reforma trabalhista); infraestrutura (programas de concessões, privatizações e atração de investimentos); social e cidadania (pacto social pelo emprego, programa fazer mais com menos na Saúde, salto de qualidade e gestão na educação, melhora das políticas de transferência de renda); reconexão do Brasil com o mundo (gestão de crise, emergência e grandes eventos); e gestão pública (programa de modernização do Estado e programa nacional anticorrupção).

Segundo o jornal, a um seleto grupo de empresários, o ministro chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha, tem apresentado o que denomina de “um mar de oportunidades” que oferece o plano para reconstrução do Brasil. São áreas em que o governo pretende atrair investimentos, como as de mobilidade urbana, saneamento, óleo e gás, energia e logística. No horizonte mais próximo, estão concessões de aeroportos e portos.  O ministro acredita que, até o fim do ano, a percepção de risco Brasil volte a patamar próximo de quando o país tinha o grau de investimento, dado por agências de rating.

PUBLICIDADE