Tebet: PIB trimestral deve cair com RS, mas economia vai se recuperar com estímulos

'Acreditamos que depois desse trimestre que possa ter uma ligeira queda, nós tenhamos até o final do ano novamente a economia recuperada', afirmou a ministra

Reuters

Ministra do Planejamento, Simone Tebet, fala durante reunião de cúpula do Mercosul, no Rio de Janeiro
07/12/2023
REUTERS/Pilar Olivares
Ministra do Planejamento, Simone Tebet, fala durante reunião de cúpula do Mercosul, no Rio de Janeiro 07/12/2023 REUTERS/Pilar Olivares

Publicidade

O Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil deve registrar um trimestre de queda sob efeito do desastre provocado pelas chuvas no Rio Grande do Sul, mas a economia deve se recuperar até o fim do ano com a adoção de estímulos pelo governo, disse nesta quinta-feira (23) a ministra do Planejamento, Simone Tebet.

Em fórum promovido pela Associação Brasileira da Infraestrutura e Indústrias de Base (ABDIB), Tebet afirmou que agentes de mercado têm apontado para um impacto negativo do desastre no estado sobre a atividade do país, acrescentando que acredita que “tenhamos realmente uma queda” no trimestre.

“É natural que aconteça, a economia do Rio Grande do Sul está paralisada, mas com a quantidade de estímulos que estamos fazendo, dentro do limite… acreditamos que depois desse trimestre que possa ter uma ligeira queda, nós tenhamos até o final do ano novamente a economia recuperada”, afirmou.

Continua depois da publicidade

Baixe uma lista de 10 ações de Small Caps que, na opinião dos especialistas, possuem potencial de crescimento para os próximos meses e anos