Taxa de desemprego no Reino Unido sobe para 8%; Cameron acerta coalizão

Taxa de desemprego avança 0,2 ponto percentual e número de desempregados totaliza 2,51 mi; liberal Clegg será vice

SÃO PAULO – A taxa de desemprego no Reino Unido subiu 0,2 ponto percentual nos três primeiros meses do ano, para a casa de 8%. Já o número de desempregados avançou 53 mil, ao totalizar 2,51 milhões – maior nível desde dezembro de 1994.

No entanto, o número de pedidos de seguro-desemprego caiu 27,1 mil no decorrer de abril, para 1,52 milhão, melhor do que o previsto por analistas, que estimavam queda próxima a 22,5 mil.

Clegg como vice
Do mercado de trabalho para a política, o novo primeiro-ministro do Reino Unido, David Cameron, iniciará nesta quarta-feira (12) a formação de uma “coalizão adequada e completa” entre Conservadores e Liberais Democratas.

Cameron confirmou que Nick Clegg, terceiro colocado nas eleições e líder dos Liberais Democratas, será o novo vice-primeiro-ministro do Reino Unido.

PUBLICIDADE