AO VIVO Analista Guilherme Cadonhotto revela uma de suas ações preferidas para viver de renda

Analista Guilherme Cadonhotto revela uma de suas ações preferidas para viver de renda

Política

STF determina sequestro de bens de dois parlamentares por corrupção na Petrobras

A decisão, assinada pelo ministro Teori Zavascki, pede o sequestro de até R$ 2,6 milhões do deputado Arthur Lira e R$ 1,6 milhão de seu pai, Benedito Lira

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – O O STF (Supremo Tribunal Federal) determinou nesta quarta-feira (24) o sequestro dos bens do senador Benedito de Lira (PP-AL) e seu filho, o deputado Arthur Lira (PP-AL), ambos réus em um dos processo relacionados ao esquema de corrupção da Petrobras.

A decisão, assinada pelo ministro Teori Zavascki, relator da Lava Jato, pede o sequestro de até R$ 2,6 milhões do deputado e R$ 1,6 milhão do pai dele. No documento, ele cita as informações contidas nos depoimentos do dono da construtora UTC, Ricardo Pessoa, que firmou acordo de delação premiada com o Ministério Público.

Segundo o empreiteiro, em 2011 Arthur Lira exigiu R$ 1 milhão em doações para que as “portas” da Petrobras permanecessem “abertas” à UTC. De acordo com Pessoa, o deputado alagoano foi incisivo e pediu R$ 1 milhão “de forma bastante contundente”.

A decisão ainda estabelece que a diferença de valores a serem sequestrados dos dois parlamentares se dá porque a denúncia não sustenta que Benedito tenha se beneficiado do montante que seu filho pediu a Ricardo Pessoa.