Ex-ministro do STF

“Senado pode autodestruir-se”, disse Joaquim Barbosa antes de votação sobre Delcídio

Ontem, o  plenário do Senado decidiu manter a prisão do senador por 59 votos contra 13 e 1 abstenção.

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – O ex-ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Joaquim Barbosa voltou a falar sobre o cenário político em seu perfil no Twitter na noite de quarta-feira, um pouco antes da decisão do Senado de manter a prisão do senador Delcídio do Amaral (PT-MS).

Foram duas mensagens postadas por ele: “Estão em jogo no Senado esta noite duas cruciais instituições da democracia moderna: 1) rule of law 2) political accountability”.

Em seguida, ele postou: “A depender do que venha a decidir, o Senado poderá: 1) autodestruir-se institucionalmente 2) jogar uma pá de cal na nossa jovem democracia”.

Aprenda a investir na bolsa

Ontem, o  plenário do Senado decidiu manter a prisão do senador por 59 votos contra 13 e 1 abstenção. Delcídio está preso na carceragem da Polícia Federal (PF) em Brasília após decisão unânime da segunda turma do Supremo Tribunal Federal (STF). Ele foi levado para a PF ontem pela manhã, na 21ª fase da Operação Lava Jato, quando também foram presos seu chefe de gabinete Diogo Ferreira e o presidente do banco BTG Pactual, André Esteves.

A prisão foi embasada por uma gravação apresentada pelo filho do ex-diretor da Petrobras, Nestor Cerveró, em que o senador oferece R$ 50 mil por mês para a família dele e mais um plano de fuga para que Cerveró deixasse o país. O objetivo de Delcídio era evitar que o ex-diretor fizesse acordo de delação premiada com o Ministério Público Federal.

Veja os tuítes:

Joaquim Barbosa - Twitter

(Com Agência Brasil) 

É hora ou não é de comprar ações da Petrobras? Veja essa análise especial antes de decidir:

 

PUBLICIDADE

Leia também:

Você investe pelo banco? Curso gratuito mostra como até dobrar o retorno de suas aplicações