Extrato falso

Romário posta foto em Genebra e se diz “chateado” por não ter conta na Suíça

Segundo o senador, banco suíço BSI confirmou que os extratos de suposta conta com o nome dele são falsos

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – Dias depois da revista “Veja” apontar uma conta não declarada em um banco suíço no valor de R$ 7,5 milhões, o senador Romário Faria (PSB-RJ) voltou a tratar com ironia o episódio.

Em um post no Facebook, o ex-jogador afirmou que está em Genebra, na Suíça, dizendo-se “chateado” por ter descoberto que não é dono da conta milionária. 

“Aguardem mais informações… Agora, aqueles que devem, podem começar a contar as moedinhas, porque a conta vai chegar de todas as formas. Eu não finjo ser decente, não faço de conta ser sério e pareço ser correto. Eu sou!!!”, afirmou o senador.

PUBLICIDADE

Mais tarde, o político garantiu que o banco BSI, citado pela revista como utilizado por ele para abrir a conta, indicou que os extratos publicados em seu nome são “falsos”. “Gostaria que eles explicassem como conseguiram este documento falso”, afirmou Romário em seu Facebook, referindo-se à revista Veja.

Logo após a publicação da matéria, no último sábado, o ex-jogador publicou uma nota irônica sobre o caso e disse que foi informado sobre a existência da conta pela Veja. “Obviamente, fiquei muito feliz com a notícia, assim que possível, irei ao banco para confirmar a posse desta conta, resgatar o dinheiro e notificar à Receita Federal”, disse. 

E continuou: “espero que seja verdade, como trabalhei em muitos clubes fora do Brasil, é possível que tenha sobrado algum rendimento que chegou a esta quantia. Estou me sentindo um ganhador da Mega Sena, só que do meu próprio honesto e suado dinheiro”.

Romário afirmou que o que há de estranho é a informação de que a aplicação seria de 2013 e ele diz ter certeza de que  não fez nenhuma aplicação no período recente e também não recebeu nenhuma notificação do Ministério Público a respeito. Na nota de esclarecimento, Romário também fez críticas pesadas à revista.