Rice e Abe reafirmam compromisso quanto às sanções à Coréia do Norte

A secretária de estado norte-americana irá ainda à Coréia do Sul e à China conversar com líderes sobre a questão

arrow_forwardMais sobre
Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – O primeiro ministro do Japão, Shinzo Abe, e a secretária de estado norte-americana, Condoleezza Rice, se encontraram nesta quinta-feira (19) em Tóquio para discutir, principalmente, a questão das sanções contra a Coréia do Norte.

Os dois concordaram em fortalecer a cooperação entre si e a Coréia do Sul quanto à implementação das restrições impostas ao país comunista que, no começo do mês, realizou um teste nuclear, intensificando a tensão internacional em torno da questão.

Pacote de restrições

EUA, França, Reino Unido, China e Rússia, membros permanentes do Conselho de Segurança da ONU (Organização das Nações Unidas), e o Japão aprovaram em conjunto um pacote de sanções econômicas contra o país alguns dias depois da detonação da bomba. A Coréia do Norte considerou a decisão uma declaração de guerra.

Aprenda a investir na bolsa

Na reunião com Abe, Rice reiterou o compromisso dos EUA de defender militarmente o Japão e mencionou a necessidade de combater o programa nuclear do Irã e impedir que tome o mesmo rumo da Coréia do Norte. Do Japão, deve seguir para Seoul, na Coréia do Sul, e então para Pequim, na China.