Crime eleitoral

Relator da denúncia contra Michel Temer é investigado por suposto esquema de compra de votos

Sérgio Zveiter estaria ligado ao empresário Paulo Henrique Almeida e o deputado estadual Thiago Pampolha

arrow_forwardMais sobre
Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – O relator da denúncia contra Michel Temer na CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) da Câmara, Sérgio Zveiter, está sendo investigado por crime de corrupção eleitoral pelo TRE (Tribunal Regional Eleitoral) do Rio de Janeiro, segundo informações publicadas nesta segunda-feira (10) pelo jornal O Estado de São Paulo. O inquérito apura se Zveiter participou de um suposto esquema de compra de votos nas eleições de 2014.

O pedido da Procuradoria Regional Eleitoral foi solicitado após uma suposta ligação entre Zveiter e o empresário Paulo Henrique Almeida, que foi preso em flagrante sob acusação de comprar votos para o deputado estadual carioca, Thiago Pampolha (PDT-RJ). Em uma das buscas dos investigadores em endereços ligados a Almeida, foram encontraram 5.501 santinhos eleitorais, cópias de títulos de eleitor e R$ 1.189, provas de um suporto esquema de compra de votos.

Nesta segunda-feira, por volta das 14h30 (horário de Brasília), Sérgio Zveiter deve entregar para a CCJ parecer favorável à denúncia de corrupção elaborada pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, contra Michel Temer. A votação será realizada entre quinta-feira (13) e sexta-feira (14).

Aprenda a investir na bolsa