Reestruturação

Pressionado a assumir o comando do PT, Lula já traça estratégia para tirar “partido das cinzas”

Segundo a coluna Painel, da Folha de S. Paulo, ideia é criar cinco vice-presidências regionais

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – Apesar dos imbróglios em que está envolvido, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva está sendo pressionado a assumir a presidência do PT para evitar uma debandada de insatisfeitos a outros partidos de esquerda. Para evitar esse cenário, a coluna Painel, da Folha de S. Paulo, destaca que Lula já esboça um plano de reestruturação da legenda. 

A ideia que se fala nos bastidores é a criação de cinco vice-presidências regionais para ajudá-lo na “inglória tarefa de resgatar o petismo das cinzas”. Entre os cotados, estão o senador Lindbergh Farias (RJ), o ex-ministro Jaques Wagner (BA) e o ex-prefeito de São Bernardo do Campo Luiz Marinho (SP).

“Embora a bandeira das eleições diretas esteja consolidada no PT, o partido ainda tenta atrair os movimentos de esquerda. Parte dos líderes da Frente Brasil Popular acredita que protestos agora devem ser só contra as reformas de [Michel] Temer”, aponta a coluna.

PUBLICIDADE