Preocupação

Preocupado com o impeachment, Macri ligou para Dilma antes de votação

O chefe de gabinete de Macri, Marcos Peña, não revelou o que foi discutido na conversa, mas afirmou que o governo argentino está preocupado com a situação do Brasil

SÃO PAULO – O presidente da Argentina, Mauricio Macri, ligou para a presidente Dilma Rousseff no último fim de semana para conversar sobre a votação do impeachment que ocorreu na Câmara dos Deputados no domingo. As informações são do jornal Folha de S. Paulo.

O chefe de gabinete de Macri, Marcos Peña, não revelou o que foi discutido na conversa, mas afirmou que o governo argentino está preocupado com a situação do Brasil. “Acreditamos que as instituições estão funcionando, obviamente cada um tem sua opinião politica, principalmente dentro do Brasil. Nossa posição é de um profundo respeito à institucionalidade, à independência e à autonomia do processo politico do Brasil”, disse em uma entrevista coletiva.

“Nossa postura tem sido a mesma e tem sido respeitada pelo governo brasileiro”, acrescentou. Questionado pelo jornal recentemente sobre como a Argentina vinha sendo afetada pela recessão e pelos escândalos políticos, Macri afirmou apenas que o “Brasil é o [nosso] principal parceiro comercial”.

PUBLICIDADE