Crise política

Planalto espera apenas a chegada de Lula para oficializá-lo como ministro, diz Estado

Ex-presidente está a caminho da capital e deve se reunir com Dilma para aceitar a nomeação

SÃO PAULO – O ex-presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, deixou São Paulo por volta das 15h (horário de Brasília) e deve se encontrar com a presidente Dilma Rousseff em Brasília, de acordo com informações divulgadas por toda a imprensa. Segundo o Estado de S. Paulo, o Palácio do Planalto só espera que Lula chegue ao Distrito Federal para acertar os detalhes do novo cargo com Dilma e, então, seja oficializada a nomeação. O ex-presidente deve chegar perto das 17h. 

As especulações são de que a pasta oferecida a Lula seja a Secretaria de Governo, atualmente sob a gestão de Ricardo Berzoini. A possibilidade de que ele entre no lugar de Jaques Wagner na Casa Civil foi aventada, mas parece difícil de ocorrer. 

O que atrapalhou um pouco os planos do governo na nomeação, segundo jornais, é a delação premiada do senador Delcídio do Amaral (PT-MS). O ex-líder do PT no Senado disse que o ministro da Educação, Aloizio Mercadante, ofereceu ajuda financeira para que ele, Delcídio, ficasse em silêncio. O governo mostra preocupação de que a delação acelere o desembarque do PMDB

PUBLICIDADE

Em pronunciamento que começou perto das 15h (horário de Brasília), Mercadante disse que não tentou dar apoio financeiro ao senador e que só chamou o assessor de Delcídio em gesto de solidariedade. Ele afirmou que não tem nenhuma preocupação com a delação e que pode ajudar a buscar saída no Senado. 

“Jamais falei com ministro do STF sobre investigações”, afirmou o ministro, que ainda informou estar disposto a ir ao Congresso caso seja convidado.  

Especiais InfoMoney:

Como o “trader da Gerdau” ganhou meio milhão de reais na Bovespa em 2 meses 

As novidades na Carteira InfoMoney para março

André Moraes diz o que gostaria de ter aprendido logo que começou na Bolsa