STF

Pedido de Fachin deve adiar sorteio do relator da Lava Jato para quinta-feira

O ministro pediu para mudar da Primeira para a Segunda Turma do Supremo, o que o deixaria na lista para o sorteio para relator da Lava Jato

arrow_forwardMais sobre
Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO –  O tão aguardado sorteio da relatoria da Operação Lava Jato no STF (Supremo Tribunal Federal) deve ficar para esta quinta-feira (2). Isto porque o ministro Edson Fachin pediu nesta manhã para mudar da Primeira para a Segunda Turma da Casa, da qual fazia parte o ministro Teori Zavascki.

Com isso, a presidente do Supremo, Cármen Lúcia, deverá consultar os quatro ministros da Primeira Turma do tribunal – Luís Roberto Barroso, Luiz Fux, Marco Aurélio Mello e Rosa Weber – antes de sortear o novo relator da Operação Lava Jato na Corte.

Ela vai questionar os ministros que ficaram na Primeira Turma para saber se, além de Fachin, mais algum deles tem interesse de migrar para a Segunda. A presidente consultará os demais porque os ministros mais antigos têm sempre preferência para a troca. Na Primeira Turma, a ordem de preferência é: Marco Aurélio Mello, Luiz Fux, Rosa Weber, Luiz Roberto Barroso e Edson Fachin.

Aprenda a investir na bolsa

No oficio enviado à ministra Cármen Lúcia, Fachin afirma que se coloca à disposição do tribunal “tanto pelo sentido de missão e dever” quanto pela “memória de Teori Zavascki. Caso entre para a Segunda Turma, Fachin poderá se tornar o novo relator da Lava Jato no sorteio que deve ser realizado.