Paulo Guedes é eleito melhor ministro da Economia da América Latina por revista inglesa

As reformas propostas por Guedes, aponta a GlobalMarkets, são fundamentais para melhorar as perspectivas estruturais das finanças no médio e no longo prazo

Lara Rizério

(Marcos Corrêa/PR)

Publicidade

SÃO PAULO – Paulo Guedes foi eleito o melhor ministro da Economia da América Latina do ano pela revista inglesa GlobalMarkets.

A premiação foi feita na noite do último sábado em Washington. Porém, Guedes não foi para os EUA, uma vez que está atento à votação da reforma da Previdência em segundo turno no Senado na próxima terça-feira.

A revista tem três décadas de existência e circula durante os encontros promovidos por instituições como o Fundo Monetário Internacional (FMI) e o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID).

Oferta Exclusiva para Novos Clientes

Jaqueta XP NFL

Garanta em 3 passos a sua jaqueta e vista a emoção do futebol americano

De acordo com a publicação, Guedes está fazendo mudanças na maior economia da América Latina desde janeiro de 2019, com uma administração mais favorável aos negócios.

“Se a mudança para uma gestão mais favorável aos negócios gera expectativas altas, havia uma grande incerteza se um governo liderado por um presidente polarizador seria hábil para alcançar as reformas necessárias”, aponta o texto da publicação, destacando que os últimos anos foram de escândalos de corrupção, impasse político e queda dos investimentos para o Brasil.

Conforme destaca a revista, um dos avanços do ministro brasileira foi levar ao Congresso a reforma da Previdência, já aprovada na Câmara dos Deputados e prestes a ser votada em segundo turno no Senado.

Continua depois da publicidade

Além disso, as reformas propostas por Guedes, aponta a GlobalMarkets, são vistas como fundamentais para a melhora das perspectivas estruturais das finanças públicas no médio e no longo prazo.

Mohammed Maait, do Egito, foi eleito o melhor ministro do Oriente Médio e da região norte da África. Sonny Domingues, de Filipinas, foi eleito o melhor ministro da Ásia-Pacífico e Ken Ofori-atta, de Gana, foi eleito o melhor da África subsaariana. Da Europa Central e Oriental, foi eleito Djamshid Kuchkarov, do Uzbequistão. Por fim, para a região do Caribe, Keith Mitchell, de Granada, foi eleito o melhor ministro das Finanças.

Aproveite as oportunidades para fazer seu dinheiro render mais: abra uma conta gratuita de investimentos na XP!

Newsletter

Infomorning

Receba no seu e-mail logo pela manhã as notícias que vão mexer com os mercados, com os seus investimentos e o seu bolso durante o dia

E-mail inválido!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

Lara Rizério

Editora de mercados do InfoMoney, cobre temas que vão desde o mercado de ações ao ambiente econômico nacional e internacional, além de ficar bem de olho nos desdobramentos políticos e em seus efeitos para os investidores.