Eleições 2022

Paulo Dantas é eleito governador de Alagoas para mandato tampão; entenda

Deputado estadual substitui Renan Filho, que deixou o cargo para concorrer ao Senado

Por  Agência Brasil

Paulo Dantas foi eleito governador de Alagoas no domingo (15), em uma votação indireta na Assembleia Legislativa do estado, e seu mandato tampão vai até 31 de dezembro. Dantas é deputado estadual e seu vice será José Wanderley. Wanderley, que é médico.

A chapa recebeu 21 votos dos 27 possíveis na Assembleia Legislativa. Ambos os eleitos são do MDB, partido de Renan Filho, que é filho do senador Renan Calheiros (MDB) e deixou o cargo de governador para concorrer ao Senado (e se juntar ao pai em Brasília, caso seja eleito).

Dantas tem 43 anos, nasceu em Maceió, é formado em administração e está em seu primeiro mandato como deputado estadual. Neto é natural de Palmeira dos Índios, tem 72 anos, é médico cardiologista e já exerceu o cargo de vice-governador de Alagoas entre 2007 a 2011, na primeira gestão do ex-governador Teotônio Vilela Filho.

Eleição indireta

A eleição indireta para o governo de Alagoas foi necessária porque, em abril, o então governador Renan Filho deixou o cargo dentro do prazo de desincompatibilização exigido pela legislação eleitoral para poder disputar uma vaga no Senado nas eleições de outubro.

Com a saída de Renan Filho, quem assumiria seria o vice-governador, Luciano Barbosa. Mas o político não estava mais no cargo porque venceu as eleições de 2020 e se tornou prefeito de Arapiraca. O segundo na linha sucessória seria o presidente da Assembleia Legislativa do Alagoas, Marcelo Vitor (MDB), mas ele preferiu não assumir o governo — porque ficaria impedido de concorrer à reeleição — e convocou as eleições indiretas.

Decisão do STF

Com os impedimentos, coube ao presidente do Tribunal de Justiça de Alagoas, desembargador Klever Loureiro, último na linha sucessória ao cargo, assumir o posto interinamente.

O edital de convocação da eleição foi contestado pelo PP e o caso foi parar no STF (Supremo Tribunal Federal). Após analisar o recurso do partido, o ministro Gilmar Mendes determinou que fossem formadas chapas únicas para a disputa e reabriu o prazo para o registro das candidaturas.

Cadastre-se na IMpulso e receba semanalmente um resumo das notícias que mexem com o seu bolso — de um jeito fácil de entender:
Concordo que os dados pessoais fornecidos acima serão utilizados para envio de conteúdo informativo, analítico e publicitário sobre produtos, serviços e assuntos gerais, nos termos da Lei Geral de Proteção de Dados.
check_circle_outline Sua inscrição foi feita com sucesso.
error_outline Erro inesperado, tente novamente em instantes.
Compartilhe