Novo cargo

Osmar Serraglio é escolhido como novo ministro da Justiça

Serraglio tem 68 anos e ganhou reconhecimento nacional ao ser relator da CPI dos Correios, encerrada em 2006

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – O deputado federal Osmar Serraglio (PMDB-PR) foi escolhido pelo presidente Michel Temer para ser o novo ministro da Justiça em decisão tomada nesta quinta-feira (23). A escolha contempla uma demanda da bancada do PMDB na Câmara, que vinha pleiteando mais espaço no governo.

No ano passado, Serraglio foi presidente da CCJ da Câmara e votou a favor do impeachment. Ele ganhou maior notoriedade nacionalmente ao ser relator da CPI dos Correios, encerrada em 2006. Serraglio tem 68 anos, é advogado e professor de direito.

O deputado sempre era visto como um parlamentar ligado à ala de Eduardo Cunha dentro do PMDB, sendo que quando comandava a CCJ, recusou diversos recursos apresentados pelo hoje ex-deputado contra o processo de quebra de decoro no Conselho de Ética – episódio que culminou com a cassação do mandato do carioca pelo plenário da Casa.

PUBLICIDADE

A indicação para a pasta ocorre após a saída de Alexandre de Moraes, que deixou o ministério no início deste mês após ser indicado por Temer para a vaga do ministro Teori Zavascki no STF (Supremo Tribunal Federal).