Obama anunciará na quinta-feira taxa do Tarp sobre bancos

Anúncio virá em um momento em que o desemprego estagna-se em 10% e instituições aumentam bônus de seus executivos

SÃO PAULO –  O presidente dos EUA, Barack Obama, irá anunciar na próxima quinta-feira (14) o plano para cobrir as perdas provenientes dos pacotes emergenciais para os bancos feitos com dinheiro dos contribuintes na pior fase da crise global.

As informações são da Reuters. Citando fontes extra-oficiais, a agência informou que Obama irá elevar para US$ 120 bilhões a taxa que deverá ser cobrada das principais instituições financeiras do país.

O encargo não deverá exceder tal valor, que representa o teto das estimativas conservadoras sobre os custos resultantes do TARP (Troubled Asset Relief Program). O Tesouro estima que o valor esteja bem acima das perdas registradas com o pacote, e prevê que, com o passar dos anos, a taxa recompensará os US$ 700 bilhões de ajuda dos contribuintes.

PUBLICIDADE

Anúncio no momento exato
A taxa tem sido discutida desde agosto pelo governo e o seu anúncio se dará em um frágil momento da economia do país, em meio à taxa de desemprego atingindo dois dígitos e à opinião publicada contrária aos crescentes bônus pagos pelos bancos a seus principais executivos.

O Tarp foi criado pela administração do ex-presidente George W. Bush no quarto trimestre de 2008 com o objetivo de fortalecer o sistema financeiro do país na pior fase da crise global, que tem como marco inicial a quebra do Lehman Brothers.