Alerta aos investidores

NYT alerta: crise na Petrobras pode gerar debandada de capitais do Brasil

De acordo com o jornal americano, a crise envolvendo a Petrobras deve levar a uma fuga massiva de capitais dos mercados financeiros brasileiro e da América Latina

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – “Quando a companhia mais endividada do mundo adia um comunicado aos acionistas graças a um enorme escândalo de corrupção, uma oscilação nos mercados pode ser esperada”. É o que afirma o New York Times em matéria do último final de semana, ao comentar a nova fase da Operação Lava Jato que atinge a Petrobras (PETR3;PETR4). 

De acordo com o jornal americano, a crise envolvendo a Petrobras deve levar a uma fuga massiva de capitais dos mercados financeiros brasileiro e da América Latina. 

Além de destacar a forte queda das ações, o jornal ressalta que a presidente Dilma Rousseff, que estava à frente do conselho de administração da companhia antes de ser presidente da estatal, em 2010, não é a única a sofrer pelos problemas crescentes da empresa. O mercado financeiro brasileiro como um todo poderia sofrer também, e não só pela perda de confiança causada pelas ações da Polícia Federal.

PUBLICIDADE

De acordo com a matéria, a recente tendência dos grandes fundos de investimentos como a Pimco, Black Rock, Fidelity e Oppenheimer é de substituírem os bancos no financiamento a empresas e países, o que tornou as grandes companhias ainda mais vulneráveis ao humor dos investidores externos.

E isso se reflete no caso da Petrobras, com até US$ 51 bilhões de sua enorme dívida subsidiada por fundos de investimento.

Segundo o “o temor é que o pânico de venda de papeis em uma companhia ou país possa se espalhar rapidamente, já que esses países e essas empresas são tão dependentes do capital privado estrangeiro, levando a um contágio de investimentos mais amplo”.