AO VIVO Giba Coelho, analista técnico da XP, ensina como se tornar um trader consistente

Giba Coelho, analista técnico da XP, ensina como se tornar um trader consistente

Mais implicados

Novas delações da JBS a serem reveladas em breve implodirão Lula, Dilma, Renan e Serra, diz jornal

Segundo colunista do Estadão, "os valores são de tirar o fôlego" e também surgirão nomes que até aqui vinham passando ilesos

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – De acordo com informações da colunista Eliane Cantanhêde, do jornal O Estado de S. Paulo, a delação da JBS não implica apenas o presidente Michel Temer e o senador afastado Aécio Neves. Nesta sexta-feira, vão ser divulgadas delações que ” atingem mortalmente, pela ordem, os ex-presidentes Luis Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff (PT), o ex-presidente do Senado Renan Calheiros (PMDB) e o ex-chanceler e ex-presidenciável José Serra (PSDB)”.

Segundo ela, “os valores são de tirar o fôlego” e também surgirão nomes que até aqui vinham passando ilesos. Ela ainda aponta que os tentáculos do grupo JBS não ficam a dever nada aos da Odebrecht. 

A teia da JBS e o poder dos irmãos Joesley e Wesley Batista foram muito além do que foi divulgado até agora. Vão explodir amanhã, sexta-feira, delações que atingem mortalmente, pela ordem, os ex-presidentes Luis Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff (PT), o ex-presidente do Senado Renan Calheiros (PMDB) e o ex-chanceler e ex-presidenciável José Serra (PSDB). Os valores são de tirar o fôlego e surgirão nomes que até aqui vinham passando ilesos.

PUBLICIDADE

“O resultado é considerado devastador e arrasta para o fundo do poço não apenas Temer e Aécio, pelas gravações liberadas à noite nesta quinta-feira, mas o próprio mundo político”, afirma a colunista.