Eleições 2018

“Nenhum dos dois tem chance”, diz Alckmin sobre Lula e Bolsonaro nas eleições

"Eu acho que nenhum dos dois tem chance. Na verdade, esses extremos, é um olhar para trás, é o que se chama de 'recall'", disse

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Após o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso colocar em xeque a disputa para ser o candidato do PSDB, o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, reforçou nesta terça-feira (2) sua pré-candidatura à presidência nas eleições de outubro. Além disso, o tucano aproveitou para atacar os dois nomes mais fortes até o momento na disputa, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o deputado Jair Bolsonaro.

Alckmin afirmou que seus dois concorrentes “não têm chance” na disputa pelo Palácio do Planalto. Para ele, as pesquisas refletem o passado e os números tendem a mudar no decorrer da campanha, que começa em agosto.

“Eu acho que nenhum dos dois tem chance. Na verdade, esses extremos, é um olhar para trás, é o que se chama de ‘recall’. Você está olhando para trás. Os argumentos da eleição serão colocados ao longo da eleição. A campanha só começa em agosto”, disse o governador em entrevista ao Canal Rural.

Aprenda a investir na bolsa

Já sobre as declarações de Fernando Henrique, Alckmin afirmou que assumiu a presidência nacional do PSDB por sugestão do ex-presidente e disse “ter certeza” de que irá “trabalhar junto” com o ex-presidente para consolidar sua pré-candidatura presidencial. “Estou preparado para essa labuta”, afirmou.