Aposta do governo

Nem regime fechado nem liberdade: Planalto aposta em decisão política do STF e “caminho do meio” para Lula

Já no Congresso, parlamentares apostam que haverá um acordão entre Supremo e TSE para salvar Lula da prisão em troca do petista abrir mão da candidatura, diz o Estadão

SÃO PAULO – Enquanto juristas e analistas políticos fazem suas apostas sobre se Lula será preso ou não a partir da decisão desta quarta-feira do STF (Supremo Tribunal Federal), o Palácio do Planalto tem uma aposta sobre o resultado do julgamento, informa a coluna do Estadão.

A aposta é de que a Corte tomará nesta quarta  uma decisão política e pelo “caminho do meio”, colocando o petista em prisão domiciliar, livrando-o do regime fechado.

De acordo com o jornal, o Planalto está apreensivo, sendo a maior fonte de preocupação a  forte reação popular caso os ministros do STF livrem o petista da prisão. Não há dúvidas de que esse resultado levará o povo às ruas e o governo também será alvo das manifestações. 

PUBLICIDADE

Já no Congresso, há apostas de parlamentares de que haverá um acordão entre Supremo e TSE para salvar Lula da prisão em troca do petista abrir mão da candidatura.

Quer driblar o risco político e ganhar dinheiro com segurança nessas eleições? Clique aqui e abra sua conta na Clear