Não está claro como X pode ter sido responsável por invasão da conta de Janja, diz Musk

Na semana passada, primeira-dama teve conta hackeada; responsável pela invasão publicou mensagens ofensivas a ela e a Lula

Reuters

A primeira-dama Janja (Foto: Claudio Kbene/PR)

Publicidade

O bilionário Elon Musk disse, nesta quarta-feira (20), que “não está claro” como sua plataforma X, anteriormente conhecida como Twitter, pode ter sido responsável pela invasão da conta da primeira-dama Janja Lula da Silva na rede social, um dia depois de ela afirmar que pretende processar a empresa pelo incidente.

Na semana passada, a conta de Janja no X foi hackeada e o responsável pela invasão publicou mensagens ofensivas a ela e ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Em live ao lado de Lula na terça-feira, a primeira-dama disse que irá processar a plataforma e defendeu a responsabilização das redes sociais pelos atos de seus usuários. “Não está claro como alguém adivinhar a senha dela é nossa responsabilidade”, disse Musk em uma publicação no X, sugerindo que a invasão da conta de Janja se deveu apenas à descoberta de sua senha por um usuário.

Após o incidente, a Polícia Federal deflagrou a Operação X1 para investigar a invasão e o uso indevido do perfil da primeira-dama para a postagem de mensagens de “caráter ofensivo contra autoridades públicas federais”, cumprindo seis mandados de busca e apreensão, sendo dois no Distrito Federal e quatro em Minas Gerais. Apesar de a PF não ter se pronunciado oficialmente sobre possíveis suspeitos ou a forma como a conta no X foi invadida, o presidente Lula mencionou na live de terça-feira que a força investiga um adolescente de 17 anos como um dos responsáveis pela ação.

Oferta Exclusiva para Novos Clientes

Jaqueta XP NFL

Garanta em 3 passos a sua jaqueta e vista a emoção do futebol americano

A primeira-dama ainda criticou a demora para que sua conta fosse congelada pela plataforma, chegando a mencionar nominalmente o próprio Musk ao acusar o empresário de ganhar dinheiro com a invasão. “Foi tão difícil que o Twitter congelasse a minha conta e por 1h30 o seu Elon Musk ficou muito mais milionário com aquele ataque”, afirmou. Ela ainda defendeu que seja feita a regulação das redes sociais e a discussão sobre a sua monetização, afirmando que as plataformas não podem ficar “acima de qualquer coisa”.

Newsletter

Infomorning

Receba no seu e-mail logo pela manhã as notícias que vão mexer com os mercados, com os seus investimentos e o seu bolso durante o dia

E-mail inválido!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.