Subiu o tom

Mujica diz que Maduro está “louco como uma cabra”

Ex-presidente do Uruguai defende secretário-geral da OEA, que foi chamado de "agente da CIA" pelo presidente venezuelano

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – O presidente da combalida Venezuela, Nicolás Maduro, causou um mal-estar na América Latina ao dizer que o secretário-geral da OEA (Organização dos Estados Americanos), o uruguaio Luis Almagro, seria “um agente da CIA”. O ex-presidente uruguaio, José Mujica, prontamente defendeu seu conterrâneo, afirmando que Maduro está “louco como uma cabra”. 

“Estão todos loucos na Venezuela. Eles falam de tudo e assim não vão resolver nada”, disse Mujica. 

Maduro, por sua vez, treplicou ao uruguaio. “Sim, estou louco como uma cabra. Louco de amor pela Venezuela e pela Revolução bolivariana”, disse o chavista, que voltou a criticar Almagro, chamando-o de traidor. 

Aprenda a investir na bolsa

A polêmica começou quando Almagro, que foi ministro das Relações Exteriores no Uruguai durante a gestão de Mujica, criticou o governo venezuelano por atrasar a realização de um referendo revogatório do mandato presidencial. Segundo o secretário da OEA, Maduro “traiu o povo venezuelano”.