Ministro interino do GSI prepara diagnóstico para Lula e extinção da pasta não está descartada 

Em entrevista ao Valor, Cappelli defendeu manutenção e renovação do ministério, posto em xeque após divulgação de imagens dos ataques de 8 de janeiro

Equipe InfoMoney

Entrevista coletiva de Ricardo Cappelli (Jerônimo Gonzalez)

Publicidade

O ministro interino do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), Ricardo Cappelli, afirmou que está trabalhando em um plano de “renovação e oxigenação” da pasta, a pedido do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). 

Em entrevista publicada no sábado (22) pelo jornal Valor Econômico, Cappelli afirma que não há um plano em curso para a desmilitarização do ministério. Para o interino, é “natural” que ocorra a renovação de quadros no órgão diante da troca de governo. Segundo a reportagem, o GSI já mudou 35% do seu quadro de funcionários.

Em outro trecho, Ricardo Cappelli diz que as imagens divulgadas pela CNN Brasil na última quarta-feira (19), que culminaram na queda do general Gonçalves Dias do GSI, induziram o espectador a uma “falsa percepção sobre a conduta” do antigo ministro durante os ataques do dia 8 de janeiro. 

Continua depois da publicidade

Com a liberação das imagens completas dos ataques, após decisão do ministro Alexandre de Moraes do Supremo Tribunal Federal (STF), Cappelli aponta que a conduta de cada servidor no dia poderá ser mais bem avaliada. Ressaltou ainda que o profissional visto oferecendo água aos manifestantes já havia sido afastado por G.Dias. 

Por fim, o ministro interino afirmou que irá apresentar a Lula um diagnóstico sobre a atual estrutura da pasta e o que poderia ser modificado. Além da segurança institucional e da inteligência estratégica, há outras funções que, na sua visão, devem continuar existindo, embora reconheça que o fim da pasta pode ser um dos caminhos. 

“Não tem nada fora do radar neste momento”, afirmou. “Apenas vou levantar todas as informações e apresentá-las ao presidente, e a decisão será do presidente”, completou. “Ele deixou claro que vai tomar essa decisão quando voltar do exterior”. 

Newsletter

Infomorning

Receba no seu e-mail logo pela manhã as notícias que vão mexer com os mercados, com os seus investimentos e o seu bolso durante o dia

E-mail inválido!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.