Segundo Agência Estado

Lula: “se me prenderem, viro herói; se me deixarem solto, viro presidente”

Segundo interlocutores ouvidos pelo Estadão, o ex-presidente tem sido positivo sobre o impacto da ação da Operação Lava Jato em sua imagem

SÃO PAULO – O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva tem sido positivo sobre o impacto da ação da Operação Lava Jato sobre a sua imagem, mais precisamente sobre a 24ª fase, que o levou a prestar depoimento coercitivamente na última sexta-feira (4). 

De acordo com o jornal O Estado de S. Paulo, ele tem dito a pessoas de sua confiança que e o PT e o governo mais ganham do que perdem com o episório. “A partir de agora, se me prenderem, eu viro herói. Se me matarem, viro mártir. E se me deixarem solto, viro presidente de novo”, disse Lula a mais de um interlocutor. 

O ex-presidente, afirma o jornal, tem se mostrado confiante em resgatar a imagem do PT. No Congresso, a avaliação também é de que a ação da Lava Jato causou um efeito positivo para Lula em vários aspectos. “O episódio unificou o PT e tirou o partido da paralisia. Atualmente, não há clima mais para falar em disputa entre correntes internas”, disse o deputado Paulo Teixeira (PT-SP).

PUBLICIDADE

Especiais InfoMoney:

Como o “trader da Gerdau” ganhou meio milhão de reais na Bovespa em 2 meses 

InfoMoney faz nova atualização na Carteira Recomendada de março; confira

André Moraes diz o que gostaria de ter aprendido logo que começou na Bolsa