Simulação de eleições

Lula perderia de Aécio e Marina e “empataria” com Ciro se eleição fosse hoje, diz CNT/MDA

Outra notícia negativa para o petista é referente a Lava Jato: 70,3% acham que o ex-presidente Lula é culpado pela corrupção que está sendo investigada

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – A nova pesquisa CNT/MDA, divulgada na manhã desta quarta-feira (24), não trouxe boas novas para o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Além da popularidade da presidente Dilma Rousseff, a pesquisa traçou o cenário para as eleições de 2018. Na intenção de voto espontânea para presidente, Aécio Neves (PSDB-MG) registrou queda fora da margem de erro de 2,2 pontos percentuais, passando de 13,7% para 10,7%, enquanto Lula oscilou de 7,9% para 8,3%. Marina Silva, da Rede, teve leve queda de 4,7% para 3,9%, sendo seguida por Jair Bolsonaro (PP), que teve aumento da intenção de votos acima da margem de erro, de 0,9% para 3,2%. Seguem a lista, a atual presidente Dilma Rousseff (PT), passando de 1,8% para 1,6%, o senador José Serra (PSDB-SP) – de 1,1% para 1,3% – e o governador paulista Geraldo Alckmin – de 1,2% para 0,8%. 

Na intenção de voto estimulada, Aécio também aparece na frente, com 24,6%, seguido por 19,1% de Lula, 14,7% de Marina, 6,1% de Jair Bolsonaro e 5,8% de Ciro Gomes (PDT). No cenário sem Aécio no primeiro turno, Lula apareceria numericamente na frente, com 19,7%, ante 18% de Marina, 13,8% de Alckmin, 7,4% de Ciro e 6,3% de Bolsonaro. O mesmo cenário se dá com Serra como o candidato tucano: Lula teria 19,7%, Marina 17,8%, Serra 14,5%, Ciro 7,2% e Bolsonaro teria 6,4%. 

Aprenda a investir na bolsa

Contudo, o cenário para o segundo turno é que deixa mais evidente o enfraquecimento do ex-presidente. No cenário entre Aécio e Lula, o tucano aparece com 40,6% das intenções de voto, bem abaixo dos 45,9% de outubro, mas ainda com uma larga vantagem em relação aos 27,5% do petista (que tinha 28,3% em outubro). 

No cenário entre Aécio e Ciro Gomes, o tucano leva a melhor com 43,1% das intenções de voto, ante 16,7% do virtual candidato do PDT. Na simulação entre o senador tucano e Marina, a distância aumentou: de 37,7% a 32,9% a favor de Aécio em outubro para 38,4% a 26,6% favoráveis a ele em fevereiro. 

Entre Ciro Gomes e Lula, há um empate técnico: 29,1% do possível candidato do PDT ante 28,2% do petista. Entre Marina e Ciro, ela aparece com 33% das intenções de voto, ante 24% dele. Entre Marina e Lula, ela se sai vencedora com 36,6% ante 26,3% do petista. 

Outra notícia negativa para o petista é referente a Lava Jato: 88,6% têm acompanhado ou ouviram falar das investigações no âmbito da operação e que envolvem a Petrobras. Nesse grupo, 67,8% consideram que a presidente Dilma Rousseff é culpada pela corrupção que está sendo investigada e 70,3% acham que o ex-presidente Lula é culpado. 75,7% consideram que o ex-presidente Lula poderá ser investigado.

“A população continua atenta aos acontecimentos que envolvem a operação Lava Jato, gerando reflexos negativos na avaliação tanto da Presidente da República quanto do ex-Presidente Lula”, afirma a CNT/MDA. 

Leia também:

InfoMoney atualiza Carteira para fevereiro; confira

André Moraes diz o que gostaria de ter aprendido logo que começou na Bolsa

PUBLICIDADE