Mineração

Lula entra nas negociações de exploração de potássio da Vale na Argentina

Segundo jornal Valor Econômico, governador da província onde está situada operação e ex-presidente conversaram cerca de meia hora sobre projeto suspenso da mineradora no país

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva entrou nas negociações sobre o destino de exploração de potássio do rio Colorado, na Argentina, que foi suspenso por tempo indeterminado em março pela Vale (VALE3;VALE5), em março, segundo informações do Valor Econômico.

Durante conversa na última quarta-feira, Lula e o governador de Mendonza, Francisco Pérez, província onde fica a exploração de potássio, discutiram o tema por cerca de meia hora.

De acordo com o afirmado por Pérez ao jornal local Diario Uno, Lula não é um mediador, mas pertence à mesma equipe da presidente brasileira Dilma Rousseff. “Nós conversamos na mesma linha das presidentes Dilma e Cristina [Kirchner, da Argentina]”, afirmou, mostrando esperanças de uma possível reativação do projeto e da volta dos 2.900 empregados que trabalhavam na exploração.

Aprenda a investir na bolsa

O projeto do Rio Colorado estava orçado em US$ 6 bilhões e era o maior empreendimento privado da Argentina. Alegando aumento de custos, a Vale suspendeu os investimentos, o que causou um imbróglio diplomático com o país vizinho. 

O ex-presidente brasileiro participou na noite da última quarta-feira de uma palestra fechada para cerca de 500 executivos, paga pela Telefonica. Segundo o jornal “Mendonza On Line”, ele teria recebido € 180 mil euros para participar do evento.