Lula diz que não será fácil mudar reforma trabalhista e defende eleição de aliados para o Congresso

Lula voltou a criticar o atual presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), a quem aponta como um dos responsáveis pelo orçamento secreto