Impedimento

Lula diz a aliados que chorou 3 vezes durante votação do impeachment

Em reunião com petistas, ex-presidente disse que Dilma pediu para que ele fosse consolado por auxiliares

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – O ex-presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, emocionou aliados petistas na terça ao dizer que chorou três vezes enquanto assistia à sessão da Câmara dos Deputados que aprovou o impeachment da presidente Dilma Rousseff. Segundo informações da Folha de S. Paulo, Dilma pediu a auxiliares que consolassem o ex-presidente, que tinha os olhos cheios de lágrimos. 

“Cuidem do presidente”, teria recomendado ela. Lula lembrou de todas as adversidades que enfrentou para fundar o PT e disse não acreditar que seus colegas tenham que sofrer tanto hoje. De acordo com os presentes na reunião, ele teria reconhecido que errou nas alianças que fez com partidos chamados fisiológicos e se disse traído pelos deputados com quem conversou antes da votação para impedir a derrota do governo. Ele teria chamado ministros de “canalhas”.

Para Lula, os votos a favor do impedimento significam que há um acordo para enterrar as investigações da Operação Lava Jato. Dos 21 parlamentares que são investigados, 16 votaram para que Dilma sofra o impeachment. 

PUBLICIDADE

Especiais InfoMoney:

Carteira InfoMoney rende 17% no 1º trimestre; 5 novos papéis entraram no portfólio de abril

Trader que perdeu R$ 285.000 com Telebras conta como deu a volta por cima

André Moraes diz o que gostaria de ter aprendido logo que começou na Bolsa