AO VIVO Analisando ações: como fazer trades se você tem pouco tempo para operar

Analisando ações: como fazer trades se você tem pouco tempo para operar

Lula deverá interferir na escolha da composição da CPI da Petrobras

Após impasse entre PMDB e PT, presidente da República debaterá o assunto com José Sarney e líderes dos dois partidos

arrow_forwardMais sobre
Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Após dias de discussões entre os partidos PT e PMDB sem chegar a uma definição a respeito de quem ocupará a presidência e a relatoria da CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) da Petrobras, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva decidiu interferir no caso.

O presidente da República deverá debater o assunto com o presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), assim como com os líderes de ambos os partidos envolvidos, Aloizio Mercadante (PT-SP) e Renan Calheiros (PMDB-AL).

Para o ministro de Relações Institucionais, José Múcio Monteiro, a intenção de Lula seria “assuntar sobre a montagem da relatoria e da presidência”. Quando questionado se a intervenção do presidente não seria uma forma de amenizar o impasse, o ministro negou. “Não há necessidade de panos quentes, está-se discutindo apenas quem vai participar”, disse.

Expectativa

Aprenda a investir na bolsa

De acordo com Múcio, espera-se que os nomes que irão compor a CPI da estatal estejam escolhidos até a próxima quarta-feira (10), quando a comissão deverá ser instalada. “É uma CPI importantíssima. A apenas um ano das eleições, não vamos conseguir fugir de um tom político. Isso é do próprio sentimento da Casa (Senado), seja lá de que lado for”, afirmou o ministro.

Múcio declarou ainda que a oposição não deve ser um empecilho durante a CPI. “Acho que a própria oposição, que fez questão de instalar a CPI, não vai ter interesse em pirotecnia. Algumas coisas vão ser esclarecidas e o esclarecimento interessa também ao governo”, concluiu.