Lobão afirma que projetos do pré-sal serão votados antes do recesso parlamentar

Para o senador, propostas serão aprovadas sem alterações no texto original, mas royalties deverão ser assunto pós-eleições

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – O senador Edison Lobão (PMDB-MA) afirmou nesta quinta-feira (27) que os quatro projetos do pré-sal serão aprovados no Senado Federal antes do recesso parlamentar, que terá início em 18 de julho.

Em entrevista à Agência Senado, Lobão disse que dificilmente serão encontradas falhas nos projetos de lei, uma vez que eles foram elaborados e discutidos por juristas e geólogos por meses.

O senador também explicou que deixou a relatoria de dois dos projetos porque na ocasião era ministro de Minas e Energia e não considerava isso “apropriado”. Além disso, ele acredita que os textos serão aprovados na forma original, mantendo, assim, os contratos já assinados e em execução sem alterações.

Aprenda a investir na bolsa

Royalties
Ao falar da questão dos royalties, Lobão comentou que ela será tratada diferencialmente do restante do projeto e deverá compor novo projeto a ser votado em plenário apenas depois das eleições em outubro.

Para ele, não é certo que os estados produtores tenham uma fatia maior que os outros, já que a commodity será extraída a 300 km da costa brasileira.