Líder norte-coreano Kim Jong-Il morre no fim de semana aos 69 anos

Agência estatal de notícias KCNA nomeou o filho mais jovem do ditador, Kim Jon-un, como "grande sucessor" de seu pai

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – O líder da Coreia do Norte, Kim Jong-Il, 69 anos, morreu de ataque cardíaco durante uma viagem de trem, segundo informações divulgada nesta segunda-feira (19) pela mídia estatal. O anúncio disparou preocupações sobre quem assumirá o controle do Estado e de seu programa nuclear.

A agência estatal de notícias KCNA nomeou o filho mais jovem do ditador, Kim Jon-Un, como “grande sucessor” de seu pai.

A KCNA afirmou que Kim Jong-Il morreu às 8h30 do sábado (21h30 de sexta-feira pelo horário de Brasília) após um “avançado infarto agudo do miocárido, complicado por um grave choque no coração”. Ele sofreu um ataque cardíaco em 2008, mas parecia ter se recuperado.

PUBLICIDADE

Apesar de relatórios oficias apontarem que Jong-Il morreu aos 69 anos, registros indicam que ele nasceu na Siberia em 1941.