Livro polêmico

Líder do DEM quer ouvir Mujica no Senado sobre fala de Lula em relação ao mensalão

O uruguaio relatou em entrevista que, ao falarem sobre o escândalo do mensalão, o ex-presidente brasileiro teria lhe dito que aquela era "a única forma de governar o Brasil”

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – O líder do Democratas no Senado Federal, Ronaldo Caiado (GO), vai ingressar com um requerimento de convite ao ex-presidente uruguaio, José Mujica, para colher mais informações sobre a fala de Lula em que teria confessado o seu conhecimento sobre o mensalão.

Escrito pelos jornalistas uruguaios Andrés Danza e Ernesto Tulbovitz, o livro “Una oveja negra al poder” (Uma ovelha negra no poder, em tradução livre), lembra um dos encontros de Lula e Mujica. O uruguaio relatou em entrevista que, ao falarem sobre o escândalo do mensalão, o ex-presidente brasileiro teria lhe dito que aquela era “a única forma de governar o Brasil”.

“A acusação é muito séria, até porque é a própria esquerda brasileira que trata Mujica como uma espécie de mártir e coloca sua índole acima de qualquer suspeita. Se ele diz que o ex-presidente Lula, não só confirmou ter conhecimento sobre o Mensalão, como admitiu que era a sua única forma de governar o país, isso coloca em xeque toda a tese que o inocentou do esquema”, afirmou o senador.

PUBLICIDADE

O convite se estende ao ex-vice presidente do país, Danilo Astori, que, segundo Mujica, estava na sala e também ouviu a confissão do petista.