Japão prorroga por mais dois anos a missão militar no Iraque

Prorrogação foi aprovada nesta quarta-feira (20), pela Câmara Alta do país. A medida já tinha sido aprovada pela Câmara Baixa

SÃO PAULO – As forças aéreas japonesas permanecerão mais dois anos no Iraque. A prorrogação foi aprovada nesta quarta-feira (20), pela Câmara Alta do país. A medida já tinha sido aprovada pela Câmara Baixa por proposta do governo.

O Partido Liberal Democrático (PLD) e seu parceiro de governo, o Novo Komeito, derrotaram a oposição, que pedia o fim da missão japonesa no Iraque.

Prorrogação

Desde março, o primeiro-ministro, Shinzo Abe, aprovou a idéia de prolongar por mais dois anos a permanência da força aérea no Iraque. A operação seria concluída no dia 31 de julho deste ano. A colaboração já foi prorrogada em várias ocasiões.

PUBLICIDADE

O país oferece apoio logístico aos Estados Unidos com vôos de transporte de tropas e mercadorias. A Constituição pacifista japonesa, que proíbe a participação do Japão em programas de defesa coletiva e o envio de pessoal ao Iraque, precisa de aprovação especial.