Japão dará US$ 3 mil para dekasseguis que queiram retornar ao Brasil

Dinheiro será oferecido somente a brasileiros e peruanos. Quem aceitar a ajuda não poderá voltar ao Japão

SÃO PAULO – O governo do Japão deu início, nesta quarta-feira (1), a um programa de ajuda aos estrangeiros desempregados que queiram voltar para seus respectivos países. O auxílio, de US$ 3 mil para o trabalhador e de US$ 2 mil para cada membro de sua família, será concedido principalmente a brasileiros e peruanos descendentes de japoneses que perderam o emprego com a crise econômica.

No entanto, para receber o dinheiro, o imigrante não pode ter patrimônio no Japão e deve se comprometer a não retornar ao país asiático por um período de tempo ainda não determinado.

Problema social

Segundo o governo do Japão, a medida é uma resposta a um problema social crescente no país. Porém, a proposta também foi criticada pela exigência de não retornar ao local e por se limitar a brasileiros e peruanos.

PUBLICIDADE

Uma pesquisa do grupo Gambaré, que reúne instituições de apoio aos brasileiros no Japão, mostrou que 47,3% já perderam o emprego e 13,8% estão sob aviso prévio. Os dados também mostram que 40,3% dos dekasseguis querem voltar ao Brasil, mas não podem. Desse total, 69,1% não retornam por falta de dinheiro.