Japão aprova escolta de navios estrangeiros por embarcações japonesas

Medida faz parte das ações de combate a pirataria na costa da Somália. Atualmente, Japão só acompanha navios japoneses

SÃO PAULO – A Câmara Baixa do Japão aprovou, na última quinta-feira (23), uma proposta de combate a pirataria que irá permitir que os navios japoneses acompanhem embarcações de outros países na costa da Somália, no continente africano.

O país asiático já enviou dois navios à região, porém, eles só têm permissão para escoltar outras embarcações japonesas. Com a nova lei, o Japão poderá expandir suas ações de combate à pirataria.

Oposição contra

A medida deverá entrar em vigor, apesar das críticas da oposição e das expectativas de que seja rejeitada na Câmara Alta, cuja maioria dos membros é filiada a partidos contrários ao governo, pois a Câmara Baixa possui mais poder.

PUBLICIDADE

Desde o fim da Segunda Guerra Mundial, leis japonesas permitem que seus navios militares escoltem apenas outras embarcações japonesas. Porém, para o governo, a ação contra a pirataria é uma operação de luta contra um crime, e não uma operação militar. Já para a oposição, os navios que estarão protegendo outros poderão ser pressionados para entrar em conflitos.