Japão anuncia que irá suspender temporariamente caça às baleias

Decisão foi tomada depois de presidente da Comissão de Caça às Baleias sugerir que país deveria suspender a prática

SÃO PAULO – O Japão decidiu suspender temporariamente a caça as baleias, enquanto discute uma reforma na IWC (sigla em inglês para Comissão Internacional de Caça às Baleias). O anúncio foi feito, nesta sexta-feira (21), pelo secretário do Gabinete, Nobutaka Machimura.

A decisão foi tomada depois de o presidente da Comissão, William Hogarth, sugerir que o país cooperasse com a suspensão da prática por um ou dois anos, enquanto o IWC tenta manter discussões sobre o assunto.

Caça para pesquisas

O país asiático parou de caçar as baleias com fins comerciais no ano de 1986, após uma moratória da Comissão. Mas, desde 1987, realiza a caça com a afirmação de que são feitas com fins científicos.

PUBLICIDADE

O Japão havia planejado a caça de cerca de mil baleias na Antártica. O número deveria ser atingido em quatro meses e despertou críticas e raiva entre ambientalistas.