Internautas focam suas buscas em sites de “Viagem e Turismo” e “Casa e Moda”

Segundo o Ibope, as categorias cresceram, respectivamente, 7,4% e 4,81% em número de usuários residenciais

SÃO PAULO – As categorias de sites com melhor desempenho por número de usuários residenciais, em junho, foram “Viagem e Turismo”, com crescimento real de 7,4% em relação a maio, e “Casa e Moda”, que cresceu 4,81%, segundo pesquisa do Ibope NetRatings divulgada nesta quinta-feira (24).

Esse crescimento representa, em números de visitantes únicos que cada setor atingiu, 6,614 milhões e 7,686 milhões de internautas, respectivamente.

Outras opções de acesso on-line que tiveram destaque foram as categorias de “Educação e Carreira”, cujo crescimento foi de 4,02%, com visitas de 12,4 milhões de pessoas, “Governo e Empresas sem fins lucrativos” (3,4% e 10,944 milhões), além de “Finanças, Seguros e Investimentos” (1,06% e 9,158 milhões).

Destaque

PUBLICIDADE

Os setores de “Viagem e Turismo” e “Casa e Moda” não se destacaram apenas no crescimento mensal. Considerando o período de um ano, eles também tiveram boa performance. Enquanto o primeiro ficou com o maior crescimento, de 42,14%, o outro obteve a terceira posição, com aumento de 30,78%, atrás apenas de “Educação e Carreira” (33,2%).

“Destaco o setor de ‘Viagens e Turismo’, mas também a categoria ‘Casa e Moda’, com conteúdo ligado à beleza, cuidado com o corpo, cuidado com a casa, jardinagem, culinária e o setor imobiliário, já que apareceu entre os maiores crescimentos no mês, no ano e em todos os itens analisados”, apontou o gerente de análise do Ibope, Alexandre Magalhães.

Magalhães ainda acrescenta que “esse crescimento está diretamente relacionado ao grande aumento no número de mulheres na internet brasileira (com exceção para o setor imobiliário, muito masculino), onde já representam quase metade dos internautas”.

Outros dados

Ainda em relação ao período de um ano, quando a internet residencial ativa cresceu 26,9% em número de usuários, “Casa e Moda” obteve crescimento de 8,2% e 2,77 visitas por pessoa.

A categoria ficou atrás apenas dos setores de “Notícias e Informações”, cujo crescimento foi de 8,88%, com 7,11 visitas, e “Informações Corporativas”, que cresceu 8,61% e obteve 2,9 visitas.

Dados do GnetT (Global Internet Trends) apontam que, no primeiro trimestre, 41,565 milhões de pessoas com 16 anos ou mais declararam ter acesso à internet em qualquer ambiente (casa, trabalho, escola, cybercafés, bibliotecas, entre outros locais).