Manifestação pró-Lula

Grupo de manifestantes encerra vigília contra eventual prisão de Lula

Grupo de mais de cem pessoas se reuniu em frente ao prédio onde mora o petista, em São Bernardo do Campo; boato de que Lula seria preso não foi confirmado

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – Em meio a boatos de que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) poderia ser preso nesta manhã, um grupo de mais de cem pessoas se reuniu em frente ao prédio onde mora o petista, na Avenida Prestes Maia, em São Bernardo do Campo (SP). Até a manhã de hoje, os manifestantes bloqueavam a via no sentido Centro; a vigília terminou por volta das 8h20 da manhã. 

O evento foi marcado pelo Facebook após informações de que a Operação Lava Jato estaria preparando ação para deter Lula. A primeira notícia foi publicada pelo blogueiro Eduardo Guimarães, do Blog da Cidadania. De acordo com Guimarães, há “informações fidedignas e verossímeis de que Lula pode ser preso a qualquer momento. Não será de espantar se a prisão ocorrer na próxima segunda-feira (hoje)”. A notícia não foi confirmada.

A manifestação a favor de Lula começou por volta das 21h. Vestidos de vermelho, com bandeiras do PT e com cartazes com a foto de Lula, os manifestantes gritavam palavras de ordem como “Lula, guerreiro, do povo brasileiro”. 

PUBLICIDADE