Governo japonês estuda dar incentivos a escolas para brasileiros no país

Instituições enfrentam problemas com a saída de alunos cujos pais perderam o emprego e não podem mais pagar mensalidades

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – O governo japonês estuda conceder incentivos às escolas destinadas a brasileiros e filhos de dekasseguis. Grande parte das instituições enfrentam dificuldades com a saída de alunos cujos pais perderam o emprego e não podem mais pagar as mensalidades.

Entre as medidas de ajuda, estaria o pedido aos governos das províncias que reconheçam as escolas brasileiras. Atualmente, existem cerca de 90 instituições no país asiático, sendo que apenas cinco são reconhecidas.

Sem isenções de impostos

As outras escolas, que não são reconhecidas, são tratadas como se fossem estabelecimentos comerciais, não tendo direito a benefícios como isenções de impostos ou doação de empresas.

Aprenda a investir na bolsa

Segundo divulgou a agência de notícias BBC, um levantamento da Abej (Associação das Escolas Brasileiras no Japão) indicou que pelo menos 1.300 alunos, dos 10 mil matriculados nessas escolas, não estão indo às aulas.