Assista ao vídeo

Gilmar Mendes é hostilizado por brasileiras em Portugal: “o senhor não tem vergonha?”

Vídeo que está circulando nas redes sociais desde sábado mostra o ministro sendo hostilizado por ao menos duas brasileiras enquanto andava por Lisboa, capital de Portugal

arrow_forwardMais sobre
O ministro do STF, Gilmar Mendes (Divulgação)
Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Mesmo em outro país – e durante as suas férias – o ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Gilmar Mendes foi alvo de protestos. Em um vídeo que está circulando nas redes sociais desde sábado, o ministro aparece sendo hostilizado por ao menos duas brasileiras enquanto andava por Lisboa, capital de Portugal. 

“O senhor é de uma injustiça imensurável! Inclusive deve estar querendo se disfarçar aqui, né? Andando como um comum dos mortais. Coisa que não é! O senhor não tem vergonha do que o senhor faz pelo país?”, disse uma das mulheres ao reconhecer o ministro em uma rua do Chiado, bairro turístico tradicional de Lisboa. 

Aprenda a investir na bolsa

Outra mulher fala ao fundo: “[…] faz tanto mal para o Brasil. O senhor não tem vergonha na cara?”. Gilmar Mendes não rebate e tenta se afastar.

Uma diz: “a sua cara ninguém consegue esquecer, entendeu? Isso é o fim do mundo”. Já a outra afirma “a gente pede para Deus levar o senhor para o inferno”. O ministro reage em meio a risadas: “ai, meu Deus do céu”. 

Ao Estadão, Mendes apenas pontuou: “isso acontece. Manifestações de aplausos e de censura.”

Nos últimos meses, as decisões de Gilmar Mendes têm causado polêmica. O ministro decidiu proibir a realização de condução coercitiva de qualquer investigado para interrogatório em todo o país por considerar o procedimento inconstitucional, suspendeu inquérito contra o governador do Paraná, Beto Richa (PSDB), determinou prisão domiciliar para a esposa de Sérgio Cabral, Adriana Ancelmo, além de determinar a soltura do ex-governador do Rio de Janeiro, Anthony Garotinho.