Geithner diz que reforma financeira é necessária para diminuir incertezas

Secretário do Tesouro dos EUA afirma que proposta de reforma é forte e ampla, e ajudará também o mercado internacional

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – O secretário do Tesouro norte-americano, Timothy Geithner, afirmou nesta segunda-feira (15) que espera que a nova proposta de reforma financeira nos EUA seja rapidamente aprovada pelo Comitê Bancário e pelo Senado.

Classificando a proposta de “forte” e “ampla”, Geithner ressaltou que o país precisa de uma agência de proteção financeira ao consumidor independente e forte, que seja responsável por estabelecer e implementar regras claras no mercado financeiro. “Além disso, precisamos de autoridade para limitar a tomada de risco e proteger os cidadãos”, disse, destacando que a reforma vai ajudar a reduzir as incertezas sobre o caminho à frente.

Além disso, o secretário do Tesouro afirmou que a aprovação de uma reforma como essa no País permitirá que normas mais exigentes sejam implementadas em todo o mercado internacional. “Como o presidente disse, conforme a proposta avança, aproveitaremos todas as oportunidades de trabalhar com Dodd [Christopher Dodd, presidente do Comitê Bancário do Senado norte-americano] e seus colegas para torna-la mais forte e lutar contra os que querem enfraquecê-la”, concluiu Geithner