Gabrielli irá prestar esclarecimentos à Camâra na segunda quinzena deste mês

Data ainda não foi definida; acusada de superfaturamento em obra, Petrobras questiona fiscalização do TCU

SÃO PAULO – O presidente da Petrobras, José Sergio Gabrielli, vai participar de audiência pública na Comissão Mista de Orçamento da Câmara dos Deputados, para prestar esclarecimentos sobre irregularidades apontadas pelo Tribunal de Contas da União (TCU) nas obras da refinaria Abreu e Lima, em Pernambuco.

O presidente da comissão, senador Almeida Lima (PMDB-SE), recebeu a confirmação da presença de Gabrielli para a segunda quinzena do mês de novembro, mas a data só deve ser anunciada na próxima semana.

Cláudio Cajado, representante do partido Democratas na comissão, havia solicitado a presença do presidente da companhia em abril, mas a presença de Gabrielli não havia sido agendada. O deputado então ameaçou obstruir as votações caso o presidente da estatal não viesse prestar esclarecimentos, relatou a Agência Câmara.

Acusação

PUBLICIDADE

O projeto de refinaria em Pernambuco faz parte do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento) e conta com investimentos fixados em R$ 1,6 bilhão para o período entre 2007 e 2010. Em abril, um relatório do TCU apontou indícios de superfaturamento, problemas técnicos em editais e falta de licenciamento ambiental, entre outras irregularidades.

A Petrobras se defendeu das acusações e em nota declarou que os critérios utilizados pelos auditores na investigação “são insuficientes para suas obras, de grande complexidade e com especificidades próprias da indústria do petróleo”.