Investigação

Fachin envia investigação sobre Temer a Janot, que terá 5 dias para decidir sobre denúncia

Nesta semana, a Polícia Federal concluiu que há evidências sobre o crime de corrupção

arrow_forwardMais sobre
Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – O ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Luiz Edson Fachin enviou nesta quinta-feira (22) a investigação sobre o presidente Michel Temer ao procurador-geral da República, Rodrigo Janot.

A partir desta entrega, começa a contar o prazo de cinco dias para que ele decida se apresenta denúncia contra o peemedebista ou se arquiva o caso.

A investigação apura se Temer e o ex-deputado Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR) cometeram os crimes de corrupção passiva, obstrução de Justiça e participação em organização criminosa. Nesta semana, a Polícia Federal concluiu que há evidências sobre o crime.

Aprenda a investir na bolsa

O inquérito é baseado na delação de donos e executivos da JBS, que afirmam que Rocha Loures recebeu propina para que o governo favorecesse o grupo junto ao Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica).