Fake news

Facebook e Twitter suspendem contas de Luciano Hang, Allan dos Santos e Sara Winter após decisão do STF

Bloqueio cumpre ordem do ministro Alexandre de Moraes, relator do inquérito das fake news na Corte

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – O Facebook e o Twitter atenderam a uma decisão do ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), e suspenderam nesta sexta-feira (24) as contas de perfis bolsonaristas investigados no âmbito do inquérito das fake news.

Entre elas estão a do fundador do site Terça Livre, Allan dos Santos, da extremista Sara Winter, do empresário Luciano Hang, e do ex-deputado Roberto Jefferson, presidente do PTB. O ex-parlamentar, antes de ter sua conta bloqueada, escreveu que orava para “Deus quebrar as mãos de ministros do STF”.

Outros perfis atingidos pela decisão foram os de Bernardo Küster, Edgard Corona, Otávio Fakhoury, Edson Salomão, Winston Rodrigues Lima, Reynaldo Bianchi Júnior e Enzo Leonardo Momenti.

Aprenda a investir na bolsa

Todos os donos destes perfis foram alvos de busca e apreensão em maio, quando Moraes determinou o bloqueio das contas. No último dia 22, o ministro do STF cobrou das redes sociais o cumprimento da sua decisão, que ocorreu hoje.

Receba o Barômetro do Poder e tenha acesso exclusivo às expectativas dos principais analistas de risco político do país
Concordo que os dados pessoais fornecidos acima serão utilizados para envio de conteúdo informativo, analítico e publicitário sobre produtos, serviços e assuntos gerais, nos termos da Lei Geral de Proteção de Dados.
check_circle_outline Sua inscrição foi feita com sucesso.
error_outline Erro inesperado, tente novamente em instantes.