Ex-primeiro-ministro japonês critica Aso por declarações sobre privatizações

Junichiro Koizumi criticou a iniciativa de Aso de revisar o processo de privatização do sistema de correios japonês

SÃO PAULO – O ex-primeiro-ministro do Japão, Junichiro Koizumi, criticou o atual ocupante do cargo, Taro Aso, por suas declarações a respeito da privatização do sistema de correio do país asiático.

A privatização foi feita ainda no governo de Koizumi e, recentemente, Aso decidiu revisar o processo de venda, afirmando que foi contra a operação, quando esta foi feita.

Críticas à liderança

O ex-líder político do país também criticou a liderança de Aso e seu plano econômico que prevê ¥ 2 trilhões para incentivar o consumo dos japoneses.

PUBLICIDADE

Essa foi a primeira vez que Koizumi se pronunciou publicamente sobre as ações de seu colega de partido.