Memória

Ex-presidente da Petrobras e do PT, José Eduardo Dutra morre aos 58 anos

O petista lutava contra um câncer; o último cargo ocupado por ele foi o de diretor Corporativo e de Serviços da Petrobras, afastando-se já por conta da doença

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – Ex-senador e ex-presidente do PT, José Eduardo Dutra, morreu aos 58 anos na madrugada deste domingo, em Belo Horizonte. O petista lutava contra um câncer. Dutra também foi presidente da Petrobras entre 2003 e 2005 e da BR Distribuidora.

Inicialmente marcado para as 10h deste domingo, o velório do ex-senador acontecerá nesta segunda-feira.  No mesmo dia, o corpo será cremado.

O ex-presidente da Petrobras nasceu no Rio de Janeiro, mas fez sua carreira política em Sergipe, Estado pelo qual foi eleito senador em 1994. Ele também foi presidente do Sindicato dos Mineiros do Estado de Sergipe e dirigente nacional da CUT (Central Única dos Trabalhadores). Atualmente, era primeiro suplente do senador Antônio Carlos Valadares (PSB/SE).

PUBLICIDADE

O último cargo ocupado por ele foi o de diretor Corporativo e de Serviços da Petrobras, afastando-se já por conta da doença. Em fevereiro, o conselho de administração da estatal aprovou licença de saúde para Dutra. Ele foi um dos dois diretores da empresa que permaneceram no cargo de alto escalão após a renúncia de Graça Foster da presidência da estatal, no começo do ano.

Dutra também foi um dos coordenadores da campanha de Dilma Rousseff à presidência, em 2010. 

O atual presidente do PT, Rui Falcão, afirmou pelas redes sociais: “José Eduardo Dutra foi um homem público de primeira qualidade, um batalhador da causa da justiça social e um exemplo de dedicação ao Partido dos Trabalhadores. Nesse momento de dor, gostaríamos de nos solidarizar com sua família e com todos os companheiros do PT, em particular aqueles de Sergipe, estado que Dutra sempre amou e onde deu o melhor de sua vida pelos mais carentes e excluídos da sociedade.”