Lava Jato

Ex-advogado de Cerveró chega à sede da Polícia Federal no Rio

O advogado desembarcou às 8h10, no Rio, em um voo da TAM

O advogado Edson Ribeiro, preso hoje (27) de manhã ao desembarcar no Aeroporto Internacional Tom Jobim;/Galeão, num voo procedente de Miami, nos Estados Unidos, chegou às 9h55 à sede da Polícia Federal (PF), na zona portuária do Rio. Ele chegou escoltado em dois veículos da PF e estava no banco traseiro do carro da frente.

O advogado desembarcou às 8h10, no Rio, em um voo da TAM. Edson Ribeiro defendia o ex-diretor da Área Internacional da Petrobras Nestor Cerveró, preso na Operação Lava Jato, e teve a prisão determinada quarta-feira (25) pelo Supremo Tribunal Federal (STF).

O ministro do STF Teori Zavascki havia autorizado a inclusão do nome do advogado na lista da Interpol, a polícia internacional.

PUBLICIDADE

Edson Ribeiro é investigado na operação que prendeu também o senador Delcídio do Amaral (PT-MS), o banqueiro André Esteves, dono do Banco BTG Factual, e o chefe de gabinete do senador, Diogo Ferreira. De acordo com pedido de prisão da Procuradoria-Geral da República, encaminhado ao STF, Edson Ribeiro participou das negociações em que o senador Delcídio do Amaral tentou impedir que Cerveró firmasse um acordo de colaboração com o Ministério Público Federal, no âmbito da Operação Lava Jato.

 

É hora ou não é de comprar ações da Petrobras? Veja essa análise especial antes de decidir:

 

Leia também:

Você investe pelo banco? Curso gratuito mostra como até dobrar o retorno de suas aplicações

PUBLICIDADE